大和郡山市ホームページトップに戻る

Yamatokoriyama City
日本語English中文한국어Português
A cidadeA cidade
トップ > Português > História e status do kinguio

KinguioKinguio

História e status do kinguio

Há 2.000 anos atrás, foi descoberta uma carpa gibel selvagem de cor vermelha na região sulina da China. Tudo começou com esta carpa selvagem original, e hoje temos o kinguio que conseguimos através do processo de seleção de variadas espécies. É bem provável que o kinguio tenha entrado da China ao Japão em meados do período Muromachi, no ano de 1502(Bunki 2-nen). No início, os kinguios eram criados como animais de estimação pelas famílias ricas e nobres como sendo algo curioso, e sòmente no período Meiji é que a espécie se propagou pelo país.

Acredita-se que a criação de kinguios na cidade de Yamatokoriyama teve seu início em 1724 (Kyoho 9-nen), quando Yoshisato Yanagisawa transferiu-se de Kai (hoje província de Yamanashi) para Yamatokoriyama. No final do xogunato Tokugawa, trabalharam nesta criação de peixes, em caráter subsidiário, os vassalos de classe superior, e após a restauração Meiji, os vassalos que haviam perdido seus cargos e também os agricultores. Diz-se que, quem prestou auxílio a esse povo foi Yasunobu Yanagisawa, último senhor feudal de Koriyama.

Além desse cenário histórico, existiam outras vantagens para a criação desses peixinhos, i.e., boa qualidade de água, reservas abundantes de água para irrigação agrícola, e as pulgas d’agua (dáfnias) que nasciam nessas águas e serviam de ração para os filhotes de kinguio.

No período de 1965 a 1975 (Showa 40-nen-dai), a produção de kinguios teve um aumento anual muito grande com o crescimento econômico do país e avanço tecnológico de criação dessa espécie. Isto não só deu impulso ao consumo interno, como também aumentou a exportação para a Europa, Estados Unidos, sudeste da Ásia, etc. Nestes últimos anos, a produção sofreu queda devido à poluição da água pela urbanização, deterioração do meio ambiente, etc. Mesmo assim, cerca de 60 produtores vendem anualmente aproximadamente 70 milhões de kinguios e 300 mil carpas coloridas criados numa área de 90 hectares.

No começo de abril, quando as flores de cerejeira estão em plena florada, acontece o concurso de kinguios no Santuário Xintoísta Yanagisawa, possuidor de grande vínculo com kinguio. O evento é muito popular entre os moradores da cidade e fanáticos da vizinhança.